A direção hidráulica deixou de ser um acessório de luxo e se tornou um equipamento necessário e comum, na maioria dos veículos leves e até nos pesados.

Para o bom funcionamento do conjunto é preciso que todos os componentes estejam trabalhando em perfeitas condições. O sistema é constituído pelo mecanismo de direção, bomba hidráulica, reservatório de óleo e tubulações de alta e baixa pressão.

 

Em veículos equipados com direção hidráulica, a manutenção preventiva deste sistema se faz necessário devido ao desgaste natural das peças moveis, e o tempod e vida útil do óleo lubrificante.

A bomba hidráulica é acionada quando o motor entra em funcionamento, utilizando o fluido do reservatório e enviando a pressão necessária para o mecanismo da direção. Se ocorrer falhas no sistema hidráulico, o mecanismo funciona como uma direção comum.

Venha nos fazer uma vizita e solicite uma avaliação técnica do sistema de direção de seu veiculo seja ela HIDRÁULICA, ou ELETRO-HIDRÁULICA.

DIREÇÃO ELÉTRICA

O funcionamento é totalmente independente do motor, dispensa bomba hidráulica, fluido e todas as correias que fazem a bomba de óleo funcionar, comum nos carros com direção assistida hidraulicamente. Esse equipamento não retira potência do motor, o que além de melhorar o desempenho, também proporciona economia de combustível. Ainda é visto como ecologicamente correto, pois não utiliza o óleo e também minimiza ruídos.

DIREÇÃO ELETRO-HIDRÁULICA

O acionamento da bomba hidráulica é realizado por meio de um motor elétrico de corrente contínua, controlado eletronicamente, montado diretamente no quadro da suspensão do veículo, ao contrário do sistema de direção hidráulica convencional, no qual o acionamento da bomba hidráulica é realizado pelo próprio motor do veículo por meio de polia e correia.

VEJA O DIAGRAMA DE UMA DH